Microsoft e MSN: Reação ou Morte por Asfixia

Ruy Miranda

Tenho a impressão que a Microsoft está numa encruzilhada: ou reage ao crescimento do Google ou morre. E, por incrível que pareça, sua salvação pode ser via MSN, um mecanismo de busca que está perdendo audiência. Isto pode parecer um grande paradoxo, mas o leitor provavelmente vai concordar comigo.

A lógica é simples: o Google está prestes a invadir o território da Microsoft, via equivalente do Office; em conseqüência, a Microsoft terá de baixar seus preços a próximo de zero e, para continuar firme, terá de batalhar no campo em que o Google mais enche as burras, as buscas na internet. A ameaça é grande, e há, até, rumores de que a Microsoft poderia iniciar um processo anti-truste contra o Google.

O desafio que surge no horizonte é gigantesco: para compensar as perdas que se aproximam, a Microsoft terá de ativar o MSN, no exato momento em que ele perde audiência – os dez por cento que tinha no mercado americano caíram para 6% em 2006, segundo algumas estimativas.

Ademais, a Microsoft tem sido obrigada a rever sua política de preços e continuará sendo fustigada. Vejamos alguns fatos ocorridos e em andamento.

Internet Explorer – Este navegador, da Microsoft, detinha até pouco mais de dois anos atrás, quase cem por cento do mercado. O Google adquiriu o Netscape e lançou o Firefox. O Netscape ficou neutralizado e o Firefox caiu no gosto dos usuários. Em reação, a Microsoft lançou outra versão do IE, com habilidades muito parecidas ao Firefox. Neste campo, as duas empresas continuam travando uma batalha feroz, e me parece que a estratégia do Google tem sido mais eficaz.

Queda nos Preços dos Servidores – Observamos que os serviços de hospedagem estão oferecendo servidores com IIS (da Microsoft) pelos mesmos preços daqueles praticados por servidores com Apache (livre). E, no meu entender, até com algumas vantagens, posto que a Microsoft tem ampliado as habilidades do IIS, tornando-o, em certas circunstâncias, mais interessante do que o Apache. Mas, de qualquer maneira, isto significa perda de faturamento para a Microsoft.

Também os preços dos servidores Windows já se equivalem aos servidores que utilizam Unix e derivados. Isto, de um lado, representa a vitória que os sistemas abertos iniciaram há alguns anos, em reação ao monopólio da Microsoft, e de outro lado, perdas financeiras para esta..

Desativação do bCentral Small Business Directory – No dia 4 último recebi, como assinante do Submit It!, da Microsoft, um email no qual fui informado que às 3:00 horas pm, horário do Pacífico, o Submit It! e o bCentral Small Business Directory serão desativados. Esse diretório, que é pago, passará a se chamar Microsoft Small Business Directory e, até o final de 2008 não terei de pagar nada. De fato, meus sites em inglês já se acham no index do novo diretório. Isto me fez lembrar do Diretório do Google, que é gratuito.

Possivelmente, a experiência da Microsoft, de cobrar para ter sites no seu diretório, mostrou-se um caminho impraticável economicamente. Parece que na internet certos serviços têm de ser gratuitos, e os diretórios estão entre eles. Não importa a qualidade do serviço – só sobrevivem se forem gratuitos. O bCentral Small Business Directory, embora dirigido a um público específico, é, no meu ponto de vista, muitas vezes superior ao diretório do Google, e seu preço é barato. Mesmo assim, ao que parece, terá de tornar-se gratuito. Isto representará mais perda no faturamento.

Compra da DoubleClick.com – A empresa DoubleClick, que desenvolveu uma tecnologia para anúncios, foi adquirida pelo Google (sob protestos da Microsfot), por mais de três bilhões de dólares. Esta aquisição vai tornar os anúncios pelo Google ainda mais eficientes. Os protestos da Microsoft soam, para mim, como uma reação de uma empresa que estava mirando o negócio dos anúncios, ou seja, de ampliar sua participação neste mercado. E vê o principal rival avançar ainda mais.

Google Adquire Tonic System – Ao adquirir esta empresa, há dois dias, o Google se habilitou a oferecer, de graça, entre seus documentos, um produto que rivalizará com o Microsoft Office. Ora, o Office é uma das principais fontes de faturamento da Microsoft, e terá de ser oferecido de graça, ou quase. Como a Microsoft poderá compensar tal perda?

Então eu amplio a pergunta ao leitor: como a Microsoft poderá compensar tantas perdas?

Acho que uma coisa é líquida e certa: hoje só se ganha dinheiro na internet no rastro de serviços gratuitos, ou se você presta um serviço único, sem concorrentes. Ser o único está cada vez menos atual em certos produtos da Microsoft, como vimos. E qual serviço gratuito é mais “lucrativo”? As buscas.

Os instrumentos de buscas da Microsoft são o diretório supra-citado e o MSN. Ambos ainda nanicos.

Há cerca de dois anos Bill Gates disse que a Microsoft errou ao negligenciar o negócio dos mecanismos de busca. Eu imagino que, hoje, o pessoal da Microsoft tem pesadelos. Eu os teria. E, por mais paradoxal que pareça, a Microsoft, que foi sempre tão zelosa em salientar os pagamentos por seus produtos, deverá ser obrigada a dar uma guinada e encontrar meios de oferecer mais e mais serviços gratuitos. Fora este caminho só existe a morte por asfixia.

Esta entrada foi publicada em otimizacao. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas a Microsoft e MSN: Reação ou Morte por Asfixia

  1. Fazer Sites disse:

    A Microsoft com o IE7 já entrou errado na briga, um zilhão de exigências para o navegador funcionar na máquina e pior se for rodar sobre o Vista melhor comprar logo pentes de 1 gigabyte de memória.O Monópolio do Google é realmente muito perigoso para a própria Internet mas não me parece que Bill tenha fôlego para o combate. Ele sempre deixou a Internet para depois, deu no que deu….

  2. Fazer Sites disse:

    Como sempre nada podemos fazer, afinal ,no mundo Virtual, Google é um sinônimo para Deus, quer queiramos ou não, e muda os mandamentos ao seu bell prazer!

  3. Cleucio Bento disse:

    Esse blog ficou muito bom, não sei como vc consegue tanto tempo para dedicar a otimização, tem tanta informação que não consigo olhar todas.Essa punição do google esta relacioada a n fotores, fica complicado saber exatamente em qual ponto estou sendo punido.Mais acredito que so descobrirei atraves de alterações e acompanhamento continuo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


dois × = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>